Práticas de
Sustentabilidade

Na Copel, os compromissos com a sustentabilidade constam do referencial estratégico, previstos na missão, visão e valores da Companhia, bem como nas diretrizes estratégicas, estabelecidas nas políticas de Sustentabilidade, Ambiental, Direitos Humanos e de Governança Corporativa, e estão alinhados ao planejamento empresarial, bem como vinculados ao objetivo estratégico.

A Copel adota como ferramentas de gestão de sustentabilidade as metodologias, normas, plataformas de certificação e avaliações de sustentabilidade que são referências na elaboração de relatórios, estruturação de processos e classificação das melhores práticas para o crescimento com sustentabilidade. 

Anualmente, no processo de revisão do Planejamento Estratégico, são definidos indicadores e metas de desempenho para essas ferramentas resultando em um processo de melhoria contínua 

barra-colorida-20px

Metodologias

A Copel utiliza a metodologia do GHG Protocol para elaboração do seu inventário anual de emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE).
A metodologia proporciona ferramentas e padrões internacionais para a mensuração das emissões de gases de efeito estufa para a elaboração e publicação de inventários desta natureza. 

O inventário é o principal instrumento para a gestão da emissão de gases de efeito estufa, sendo fundamental para a tomada de decisão sobre as ações relacionadas ao combate ao aquecimento global e à mudança do clima.

Em 2015, a Companhia deu início ao movimento de adaptação de seu reporte à metodologia do Relato Integrado. 

Desde 2008, a Copel publica o inventário de emissões de gases de efeito estufa seguindo os padrões dessa iniciativa global. A partir de 2012, o inventário passou a ser verificado por terceira parte.

Modelo de referência em gestão organizacional que baliza o prêmio “Melhores em Gestão” da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ). É composto por oito fundamentos, entre os quais está o de Desenvolvimento Sustentável, formado pelos temas econômico-financeiro, ambiental e social.

Os Indicadores Ethos são uma ferramenta de gestão que apoia as empresas na incorporação da sustentabilidade e da responsabilidade social empresarial em suas estratégias de negócio. 

A Copel utiliza os Indicadores Ethos como forma de gerir e mensurar o nível de excelência em relação à sustentabilidade e responsabilidade social corporativa. 

As empresas signatárias do Pacto Empresarial pela Integridade e Contra a Corrupção respondem anualmente a um conjunto de questões relacionadas aos compromissos assumidos na ocasião de sua adesão. 

A Copel utiliza os Indicadores Ethos como forma de gerir e mensurar o nível de excelência em relação à sustentabilidade empresarial. 

Normas

Com o objetivo de contínua melhora de seu desempenho em sustentabilidade, a Copel guia seus procedimentos nas melhores práticas, aplicando normas internacionais amplamente utilizadas e validadas pelo mercado.

Para padronizar seus indicadores de sustentabilidade (ou indicadores não financeiros) a Copel adota as diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI), conhecida como GRI Standards. As normas GRI apresentam uma linguagem comum para as organizações e para as partes interessadas.

Global Reporting
Initiative

barra-colorida-20px

Avaliações de Sustentabilidade

A Copel adere às principais práticas de mercado que impulsionam as empresas ao desenvolvimento da sustentabilidade atrelada à sua gestão e estratégia.

Por meio dos Indicadores de Sustentabilidade, as empresas e o mercado comprovam a importância, o peso e a veracidade das ações relacionadas às dimensões ASG (ambiental, social e governança), demonstrando aos investidores a seriedade da gestão, a solidez do compromisso com a perenidade e a confiabilidade dos resultados.

A seguir destacamos as principais plataformas utilizadas como referência pela Copel:

barra-colorida-20px

Afiliações, Associações
e Organizações

A representação em associações do setor elétrico e a atuação da área regulatória da Copel, em conjunto com suas áreas técnicas, favorecem a participação ativa da Companhia nos processos de regulamentação do setor, conforme os interesses de suas partes interessadas e da sociedade como um todo.

Essa participação ocorre no âmbito das subsidiárias, por meio de representantes com notório conhecimento em seus negócios de atuação. A Copel (Holding) participa de entidades voltadas à promoção da sustentabilidade, bem como assume uma série de compromissos nesse sentido.

Conheça as entidades das quais as subsidiárias integrais da Companhia participam, acessando os Relatos Integrados da Compania e os Relatórios Socioambientais das subsidiárias.