Inovação, Pesquisa
e Desenvolvimento

A Inovação, atrelada à Pesquisa e Desenvolvimento, é tema material para a Companhia, cujas iniciativas são desenvolvidas por diversas diretorias, principalmente no que diz respeito à cultura de inovação.

Além da cultura, melhorias significativas estão sendo implementadas nos processos. Destaca-se, por exemplo, a criação do setor de inovação no âmbito da Diretoria de Novos Negócios, cuja atuação promoveu a inserção do tema inovação como parte da Política de Investimentos da Companhia, com o objetivo de acelerar iniciativas de interesse do Grupo. Deste modo, a Empresa passa a destinar uma reserva de recursos para investimento em projetos de inovação, além dos recursos tradicionalmente já destinados ao programa regulado de P&D da Aneel.

Como desdobramento desta iniciativa, no final de 2020 a Copel abriu uma Chamada Pública – CP 004/2020 com o objetivo de contratar uma assessoria especializada para implementação do Programa de Inovação Aberta, cuja execução se dará em 2021. O programa de inovação aberta com startups é uma iniciativa inserida na estratégia de inovação alinhada à estratégia corporativa e visa a aproveitar a sinergia dos ecossistemas de inovação e a agilidade das startups para implementar inovações gerando valor para os stakeholders da Copel.

Além disso, o programa trará agilidade no desenvolvimento de novos produtos e serviços para implementação de novos negócios e a inserção em novos mercados. A inovação aberta é um modelo que as empresas estão adotando cada vez mais em resposta a um mundo crescentemente caracterizado pelas entidades de negócios globais e pela partilha aberta de informações.

A proposta da Copel visa ao aumento e à aceleração desses esforços, impulsionando o ecossistema de modo a solucionar para a corporação problemas técnicos e suprir as capacidades requeridas. As ações da Companhia, relacionadas à inovação, estão diretamente ligadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), propostos pela ONU, dos quais a Copel é signatária. 

Ainda no final de 2020, a Copel firmou um acordo de cooperação técnica com a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) para a utilização de um sandbox tecnológico, ou laboratório vivo de tecnologias para Smart Cities, denominado Living Lab. O espaço, que também conta com a parceria do Parque Tecnológico Itaipu (PTI), está localizado na cidade de Foz do Iguaçu e servirá à implementação de ações voltadas ao interesse público, viabilizando o incentivo à adoção de políticas sustentáveis e difusão de modelos de negócios inovadores em mobilidade urbana e cidades inteligentes, promovendo toda a cadeia produtiva associada. 

As estruturas dos ambientes de demonstração da ABDI, no Estado do Paraná, estarão disponíveis para que a Copel faça a implementação e testes de soluções tecnológicas relacionadas à Cidades Inteligentes, seja por meio de ações diretas, ou indiretamente, via parceiros ou startups selecionadas no Programa de Inovação Aberta.

Chamada Pública

Inovação

No âmbito da Diretoria de Novos Negócios, foi criado o setor de inovação da Copel, cuja atuação promoveu a inserção do tema inovação como parte da Política de Investimentos da Companhia, com o objetivo de acelerar iniciativas de interesse do Grupo. Deste modo, a Empresa passa a destinar uma reserva de recursos para investimento em projetos de inovação, além dos recursos tradicionalmente já destinados ao programa regulado de P&D da Aneel.

Como desdobramento desta iniciativa, no final de 2020 a Copel abriu uma Chamada Pública – CP 004/2020 com o objetivo de contratar uma assessoria especializada para implementação do Programa de Inovação Aberta, cuja execução se dará em 2021.

Pesquisa e Desenvolvimento

Programas de Pesquisa e Desenvolvimento

As empresas concessionárias de serviço público de distribuição, geração ou transmissão de energia elétrica, devem aplicar anualmente um percentual mínimo da sua receita operacional líquida no programa de pesquisas e desenvolvimento tecnológico do setor de energia elétrica. São programas de P&D, segundo regulamentos estabelecidos pela ANEEL.

A ANEEL estabelece as diretrizes e orientações que regulamentam a elaboração de projetos de P&D por meio dos Procedimentos do Programa de Pesquisa e Desenvolvimento – PROP&D.